Autor Tópico: O Despertar da Visão Interior - Samuel Sagan  (Lida 10753 vezes)

Offline Onurb

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 112
  • Karma: +0/-0
O Despertar da Visão Interior - Samuel Sagan
« em: Abril 22, 2008, 10:57:13 am »
Livro oferecido à humanidade por http://www.clairvision.org  -> Documentos para download


Citar
ESCOLA CLAIRVISION

CLAIRVISION - Transformação da Consciência

Localizada em Sydney, a Escola Clairvision é uma escola de espiritualidade do Ocidente. Ela oferece métodos poderosos e técnicas que visam a exploração e a transformação da consciência.

A abordagem da escola é totalmente experiencial. É destinada para pessoas que não se satisfazem apenas com o entendimento intelectual, mas que querem vivenciar experiências em primeira mão de realidades espirituais. Resumindo, não é o que você presume ou aceita como verdade que trará regeneração espiritual, mas o que você vivencia diretamente. A escola, portanto, sempre enfatiza a superioridade do conhecimento experimental sobre crenças e dogmas. Assim, ela não está ligada a qualquer igreja ou organização, e está aberta para pessoas de todos os horizontes.



O Despertar da Visão Interior

INTRODUÇÃO

"A candeia do corpo são os olhos; de
sorte que, se os teus olhos forem bons,
todo o teu corpo terá luz."
Matthew 6:22


Este livro descreve um processo sistemático para desenvolver o terceiro olho.
Foi escrito para aqueles que não se satisfazem apenas com um entendimento
intelectual de realidades espirituais e que desejam ganhar acesso à experiências
diretas.
O desenvolvimento da visão espiritual requer a construção paciente de alguns novos
"órgãos" de energia, dentre os quais o terceiro olho é um membro essencial. Estas
novas estruturas não são físicas, não obstante elas são muito reais e tangíveis. Uma
vez completamente desenvolvidas, as percepções que passam por elas aparecem
mais claras, mais afiadas e mais significativas que aquelas vindas das sensações
físicas. Várias técnicas serão descritas visando uma cultivação metódica desta nova
forma de percepção.
Nossa abordagem sempre enfatiza a superioridade da experiência sobre os
conceitos mentais, e dos conhecimentos em primeira-mão sobre crenças. Na
realidade, não é o que você presume ou aceita como realidade que provocará uma
regeneração espiritual, mas o que você experimenta diretamente. Então, não se
pede ao leitor que acredite no que está escrito aqui, mas que pratique os exercícios.
Nenhum conhecimento ou treinamento espiritual anterior é esperado antes de
começar as práticas. Eu sugiro que você esqueça temporariamente tudo que sabe, a
fim de se engajar nas técnicas com consciência fresca. Tendo compartilhado este
conhecimento com centenas de estudantes nos cursos que acontecem na Escola
Clairvision em Sydney, eu sei que não é sempre os que meditaram durante anos
que entram no campo de percepção facilmente. Para alguns, o prévio conhecimento
espiritual dá asas e provê chaves para abrir todas as portas; enquanto para outros
mais parece correntes que lhes impedem de absorver qualquer coisa nova. Quanto
mais você se torna capaz de deixar de lado idéias pré-concebidas, mais fácil será
"enxergar".
Deve ser claramente entendido que nosso objetivo não é desenvolver as distorções
atávicas da clarividência psíquica de transe-médio mas de caminhar em direção da
Visão do Self. Embora várias percepções extrasensoriais surjam com a pratica das
técnicas, o propósito é claramente achar o Self e aprender a ver o mundo a partir
dele ao invés de sua consciência mental habitual.
Este livro deve ser tido como uma introdução, um primeiro passo, para um modo
completamente diferente de percepção e pensamento. Foi escrito para servir o
grande número de seres humanos que estão presentemente prontos a se
conectarem com realidades espirituais e adentrar em um novo modelo de
consciência. As técnicas propostas são para pessoas que são parte do mundo. Elas
não o convidam a se retirar de suas atividades diárias mas sim começar a
executá-las com uma consciência diferente e uma nova visão, aplicando a linha de
Provérbios (iii:6): "Em todas suas formas, conhecei-O", dito pelo Talmud, contendo
toda a essência do Torah.
Depois de ditas estas palavras, é importante declarar que a Escola Clairvision não é
uma organização "New Age". Seus métodos e técnicas são normalmente baseados
3 de 168
em princípios bem diferentes dos achados no movimento New Age. Em nenhum
momento as técnicas da Clairvision usam qualquer tipo de canalização, imaginação
criativa ou afirmações positivas. Nenhuma hipnose ou auto-sugestão é usada. As
técnicas da Escola Clairvision estão baseadas em um despertar direto do corpo de
energia. A filosofia e a base da escola são achados na tradição ocidental do
conhecimento esotérico. Se acontecer de você experimentar intensas aberturas e
percepções enquanto estiver praticando nossas técnicas, é bem possível que você
também tenha uma conexão com esta tradição. Em particular, espera-se que muitos
tenham um claro despertar do terceiro olho enquanto estiverem lendo este livro.
Despertando o Terceiro Olho é um dos livros introdutórios ao Corpo Clairvision, o
corpo de conhecimento que é a base da Escola Clairvision . O Corpo Clairvision
contém conhecimento teórico e experimental no campo da consciência e dos
mistérios da natureza humana, com um enfoque especial em transformação e
alquimia interna. Alquimia pode ser definida como a arte de elevar o nível vibratório
da matéria. Alquimia interna refere-se, então, a uma forma de desenvolvimento
espiritual no qual o objetivo final não é abandonar nenhuma conexão com a criação
manifesta dissolvendo a si mesmo, mas construir um veículo no qual a abundância
do Self pode ser sentida permanentemente, mesmo enquanto morando no mundo
físico. Este corpo de imortalidade corresponde ao que a tradição Cristã chamou de
corpo glorioso e para o paramam vapuh dos Upanishads é em muitas formas
semelhante, senão idêntico, ao lápis philosophorum ou pedra filosofal dos
alquimistas; e ao Graal, coração da tradição esotérica ocidental.
Despertando o Terceiro Olho põe as fundações para uma aproximação experimental
de um trabalho de alquimia interna . Muitas das técnicas dadas no princípio não são
para serem consideradas como "alquímicas" no sentido estrito da palavra, mas
como uma preparação necessária sem a qual as fases mais avançadas do trabalho
não fariam sentido.
Ao invés de desenvolver primeiro os aspectos teóricos por completo, serão dadas
indicações graduais ao longo deste livro, seguidas de forma a clarificar os propósitos
e princípios de um trabalho de alquimia interior. A natureza do nosso tópico também
proporcionará grandes oportunidades para desenvolver vários aspectos
relacionados aos corpos sutis.