Autor Tópico: O Conhecimento Sagrado (Cont. II)  (Lida 2145 vezes)

Offline Susana

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 81
  • Karma: +1/-0
O Conhecimento Sagrado (Cont. II)
« em: Abril 18, 2008, 22:47:20 pm »
Eu vou continuar a tentar expor as ideias de Ljubisa e em relação à pergunta: porque foi escolhida a espécie humana:
Vou colocar um resumo da resposta:

Há 144000 anos atrás a espécie humana foi escolhida para desempenhar a grande tarefa. A competição foi intensa, entre humanos, contra chimpazes, golfinhos e porcos. Desde então os corpos luminosos tem activado os processos criativos e desenvolvimento da inteligência humana, em troca, a criatividade do comportamento humano tem sido intensa, desde o embrião até ao estádio final de maturação corpos luminosos. Desta forma os corpos luminosos tem seguido a vida de um homem até chegar a certo ponto. Depois da pessoa morrer, corpos luminosos tomam o próximo embrião humano em ordem a dar outro passo em frente no seu desenvolvimento. Excepcionalmente pessoas criativas conseguiram avançar no desenvolvimento do seu corpo luminoso até um ponto, até chegarem a um nível de grande maturidade. Isto é conhecido como a experiência da iluminação. É o tempo onde é dado excepcionais capacidades criativas, mentais, paranormais e físicas que não podem ter pessoas normais.

O segundo corpo luminoso

Paralelamente, com a maturação do corpo luminoso que segue centenas de gerações humanas, outro corpo luminoso amadurece. Este corpo foi criado do centro amarelo da pessoa, como consequência do seu desenvolvimento excepcional durante a vida da pessoa. Depois de ambos os corpos luminosos terem amadurecido, a pessoa iluminada pode regular a sua longevidade de vida, para que possa actualizar todos os programas de pensamento, de olhar o desenvolvimento da civilização humana. Depois da sua vida biológica acabar, ambos os corpos luminosos vão para locais de poder onde os corpos se reúnem a dezenas de anos.

A diferença entre o 1º e o 2º corpo luminoso: é que o primeiro tem origen na centelha emitida pela energia de Cristo e desenvolvimento gradual, seguindo centenas de vidas, até atingir a maturidade. Depois de amadurecer, não precisa de continuar a viver vidas humanas, e não toma conta de embriões.

O segundo foi criado como resultado do desenvolvimento excepcional durante as vidas. Representa, tal como o 1, o conhecimento do universo, mas ao mesmo tempo tem consciência ou seja a alma da pessoa.  Depois da sua morte biológica, a consciência continua a existir. A sua alma continua a viver, sem o o corpo físico, em forma energética, que é o corpo luminoso maduro. Ao atingir a maturação os corpos luminosos reúnem-se em locais de poder e a sua estadia milinar, é uma fase em que chegam a um objectivo: O seu papel é o de ajudar no desenvolvimento de pessoas. E transferindo para estas  oconhecimento que estão capazes de receber. Permanecem em locais de poder até que a maioria das pessoas estejam maduras. Quando isso acontecer é quando começa o trabalho de limpeza da aura da terra,bem como, das auras de outros seres celestiais.

Agora um comentário, meu:

Peço desculpa pela tradução, o meu inglés está muito destreinado, mas eu acho que vale a pena, o livro é mesmo fascimante!
 
Outro comentário:

Quando me apresentaram um esquema da concepção de um bébé, disseram: "São dois a tomar conta de um... ", ora finalmente percebi. Posso dizer que duas pessoas distantes, diferentes e desconhecidas entre si, dizem exactamente o mesmo.

Muito obrigado, um abraço, Susana.