Autor Tópico: A 1ª Revelação do universo por Ljubisa Stojanovic  (Lida 2055 vezes)

Offline Susana

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 81
  • Karma: +1/-0
A 1ª Revelação do universo por Ljubisa Stojanovic
« em: Abril 16, 2008, 00:10:53 am »
Algumas palavras sobre o autor, é russo, trata-se do Prof. Doutor Ljubisa Stojanovic. Os livros dele podem ser adquiridos na net, ou mesmo fazer Download gratuito, em http://www.best-buy-shopping.com.

Estou a fazer a tradução para português (a possível!, claro está), vou-vos dando conta da evolução da mesma, aqui, no nosso ponto de encontro.

Segundo o próprio, após 10 anos de estudo no campo paranormal, e na procura de cura de doenças que não tinham resposta pela medicina, enquanto meditava profundamente, recebeu o contacto de um ser de luz que tomou a cargo o seu desenvolvimento. Mostrou como podia baixar a frequência cerebral que é o pré-requesito básico para o progresso no campo paranormal, pensa que atingiu o máximo da sua capacidade humana neste domínio.

Durante os últimos anos ele desenvolveu sessões de cura e programas de energia curativa com a assistência dos seres de luz.

Os três livros que escreveu são: A cura, Os lugares de Poder e O Conhecimento Sagrado.  Estes livros são o resultado do que lhe disseram os seres espirituais ou energias enquanto esteva em profunda meditação. Recebeu informação através da cognição/mente e gravava/falava para o gravador.

O livro O Conhecimento Sagrado está organizado em pergunta/resposta.

Fala sobre o universo e dá uma verdadeira imagem dos seus conteúdos, a sua vastidão e história, o desenvolvimento e o futuro. Nada permaneceu escondido ou incompreendido. Esta secção presta particular homenagem ao Criador, como Alguém a quem se deve tudo o que existe. Existem uma hierarquia de dezenas de milhões de raças de seres materiais e não materiais. A civilização humana tem a tarefa de ajudar no desenvolvimento de corpos luminosos que são responsáveis pela manutenção do universo.

Alguns exemplos de perguntas e respostas:

Existiu algum tipo de princípio ou houve um tempo em que não existia universo?

Esse tempo existiu, mas foi infinitamente há muito tempo, no passado, e não pode ser medido por unidades de tempo humanas. Também é verdade para o tamanho do universo tem o seu fim, mas não pode ser medido no nosso sistema de unidades de medida. Houve um tempo em que não existia o universo, mas foi há tanto tempo que não existe uma medida capaz de mostrá-lo. Mas podemos dizer que antes do universo ser criado, existia o potencial capaz de o criar. Este tempo em que o  potencial foi criado, está tão longe dos primeiros momentos do universo como a criação do universo está do presente .

O que é actualmente o potencial?

O potencial é um imensurável espaço, poderoso e super-inteligente campo de energia que cobre o espaço do presente universo. Este excepcional poderoso potencial, que existiu desde o tempo imensurável, sentiu a necessidade de criar novos conteúdos dentro de si.

O que fez o potencial desejar isso?

O objectivo era transformar uma parte do potencial na criação. A 1º tarefa foi transformar uma parte das suas capacidades do potencial na campo de energia cuja vastidão correspondia à vastidão do potencial.  O campo único foi apenas uma manifestação do potencial, e como tal apenas realizou o que o potencial queria. Por causa disso não foi atingido nada que não tenha sido pensado, nos seus mais pequenos detalhes, fora da vontade do potencial desde a criação até hoje.

O CRIADOR

Depois de criar o campo único, o potencial terminou o seu período potencial e iniciou o período criativo da sua existência.

O início da criação do universo foi, então, representado como a criação do campo único. Ao dar todo o poder, todo o conhecimento e todas as capacidades ao campo único, que Ele próprio possuía, o Criador assegurou uma "enorme toda compassiva energia criativa". O seu próprio potencial não participou no processo.
Estas energias desenvolveram-se relativamente depressa devido à super-inteligência e  à sua consciência da necessidade de criar os conteúdos do universo.
Houve aberração/desvio do que o criador tinha imaginado, para corrigir o curso destes desenvolvimentos devido há vastidão do universo e à particular complexidade das funções destas energias. Em ordem a travar estes e a prevenir outros desvios, o Criador produziu energias que eram diferentes das estruturas iniciais. Estas tiveram o poder de corrigir todas as aberrações devido aos seus super-inteligentes conhecimentos, a sua indestrutibilidade, isto é, não se fundiam com as outras energias, uma vez que eram novas energias, e a sua vida era eterna.

A necessidade para estes operadores de  manutenção universal, começou a tornar-se maior e maior desde que o universo começou a ser mais e mais complexo. A necessidade destas energias é realmente muito forte hoje, e é difícil para o campo único desenvolver constantemente estas energias por causa da sua complexidade de conteúdos do universo. O campo único chegou a produzir esta energia aproximadamente até metade entre o início da criação do universo e hoje. A partir dessa data em diante certos departamentos dentro do universo, como as constelações, galáxias, ou até certos sistemas planetários tomaram a tarefa de criar estas preciosas energias.

A Energia Crística

Depois de ter activado o embrião de um vasto sistema de energias no universo, o Criador progrediu no desenvolvimento gradual e na transformação geral do universo.

Existem 10 grandes sistemas de energia que funcionam no universo hoje, mas apenas 3 sistemas interessam aos humanos.

O primeiro sistema de energia é o chamado: Pão de Cristo, são uma família de centenas de energias, cada uma com os seus conteúdos, o seu propósito e as suas características. Não são iguais na sua intensidade, mas são insubstituíveis e necessárias e é por isso que estão por todo o universo, cobrindo-o completamente. Podíamos desenhar um esquema que seria assim: movem-se numa direcção, passam o universo inteiro e retomam o ponto de origem.

Qual é a tarefa da energia de Cristo no universo? 

A  energia de Cristo emite uma onde de energia  que é chamada onda de vida ou dádiva de vida, e é difundida por todo o universo que preenche completamente. A frequência desta onda varia de 2.6 a 26 Hz. A onda de vida tem programas dentro dela. Estes programas são capazes de activar vida na matéria imanimada. Os seres vivos foram criados através das actividades da onda de vida. Se esta onda de vida parasse de envolver todo o universo, todos os seres vivos morreriam. A onda de vida é, então, o activador, uma coisa que actualiza a vida, e o meio de manter o seu fluxo constante. A onda de vida criou numerosos seres vivos no universo, e cada um deles foi ajustado ao seu meio ambiente.

Alguns tipos de criaturas vivas são seres vivos não materiais, apenas de energia, mas eles também tem que agradecer há onda de vida pelo seu desenvolvimento, multiplicação, ajuste, e vida.

Durante o seu trabalho de desenvolver o universo, o Criador adicionou e desenvolveu uma série de grandes estruturas de energia para que eles fossem a espinha dorsal do universo. Ele adicionou certas funções, incluindo as tarefas que, depois de executadas, fizeram o universo mais versátil rico e desenvolvido. Esta é a razão porque a energia de Cristo consiste em centenas de energias diferentes, cada uma delas responsável por encontrar soluções dos problemas do universo desde o seu inicio.

Também a energia de Cristo tomou a tarefa de cuidar da criação cíclica de corpos luminosos. Eles são o pré-requesito para o normal funcionamento do universo. A energia de Cristo organizou o desenvolvimento dos corpos luminosos com a assistência de seres de livre vontade, devido a sua crescente criatividade.

A energia de Cristo para além de lidar com humanos, também cuida de planetas e outros lugares com seres vivos no universo.
A evitar cataclismos, mortes em massa de seres vivos , plantas, animais, etc.

Continua, é super-interessante!